Escribo este texto primero en Español y luego en Portugués.
La última boda del año 2017 …
¿Cómo contar una historia de años a través de la fotografía en sólo unas horas? ¿Cómo expresar en imágenes todo lo que vivimos y sentimos? El sentimiento esta para ser sentido, para amar, para enamorarse y para ser expresado a través de las palabras y las emociones. Cuanto más fotografío, más quiero formar parte de las familias que estoy fotografiando, no sólo quiero retratar ese día, sino que también quiero entender las historias detrás de esas familias,y así poder expresar mejor quiénes son a través de las imágenes. Confieso que no es una tarea fácil, pero encuentro en ello una extrema satisfacción y maduración personal.
Mariana es Argentina y Alexandre es Brasileño, y por fuerza del destino la historia de ellos comenzó allá en Dublín cuando ella fue a vivir en la casa de una amiga que tenía un amigo (Alexandre) que estaba buscando una casa también. Una amistad que comenzó del otro lado del mundo, y que se convirtió en una boda increíble en la Playa del Rosa, junto a sus familias y amigos. Fue hermoso, fue intenso, fue emocionante y fue perfecto. “Me identifiqué mucho con las palabras de Mariana y nunca olvidaré lo que Alexandre le dijo a Mari antes de uno de esos viajes” “no creo que esto sea un adiós “.
¡Entonces aquí las fotos de la última boda del año donde me divertí mucho y también me emocioné mucho con todo lo vivido!!
– AGORA EM PORTUGUÊS  –

O ultimo casamento do ano de 2017…

Como contar uma história de anos através da fotografia em apenas algumas horas? Como expressar em imagens tudo que vivemos e sentimos?? O sentimento foi feito para ser sentido, amar, se apaixonar e expressar através das palavras e das emoções. Quanto mais eu fotografo, mais eu quero fazer parte das famílias que estou fotografando, não quero apenas retratar o dia, quero entender a história por trás dessas famílias para que eu consiga expressar quem eles são através das imagens. Confesso não ser uma tarefa fácil, mas é de extrema satisfação e amadurecimento como ser humano.

A Mariana é Argentina e o Alexandre Brasileiro e por força do destino a história deles começou lá em Dublin quando ela foi morar na casa de uma amiga que tinha um amigo (Alexandre) que estava buscando uma casa também. Uma amizade no outro lado do mundo que se tornou em um casamento incrível na Praia do Rosa com as famílias e amigos. Foi lindo, foi intenso, foi emocionante e foi perfeito. Me identifiquei muito com as palavras da Mariana e nunca esquecerei o que o Alexandre disse para Mari em uma dessas viagens que ficaram distantes “não creio que isso seja um adeus”

Então segue aqui o ultimo casamento do ano onde eu me diverti muito e também me emocionei com tudo que foi vivido.

Cada casamento que tenho a oportunidade de fotografar significa muito para mim. Não estou lá para retratar apenas o dia do casamento, estou lá para retratar um história de vida. Por isso sempre gosto de me aproximar do casal, seja através de algumas conversas, um café ou uma cerveja num boteco. Nas fotos que fazemos antes do casamento sempre criamos um vínculo natural, aonde podemos nos conhecer mais. Caso não tenha visto o ensaio incrível deste casal, veja aqui (fotos do ensaio).
Meu primeiro contato com a Lorena e com o Diogo foi em alguns casamentos que tive a oportunidade de fotografar de amigos em comum. Quando a sintonia bate já da para ter uma idéia de como será. No caso deles já deu para terem uma idéia da sintonia que rolou nas fotos do ensaio.
Quero deixar registrado aqui o meu eterno agradecimento por todo o carinho e respeito com o qual fui recebido desde o primeiro momento. São pessoas como vocês que fazem com que eu acredite cada vez mais nas histórias verdadeiras e na forma real que elas merecem ser retratadas. Lo e Diogo…muito obrigado.

 

Final de semana passado estive num espaço incrível chamado Terras de Clara em Morungaba-SP para fotografar o casamento da Ju e do Daniel. 
Sabe aqueles casamentos de 3 dias?? Então foi assim!! Rodeado da família e das pessoas mais queridas eles celebraram uma união incrível. Almoço, piscina, futebol, abraços, risadas. Os convidados desfrutaram de bons momentos juntos. 
Os dias que antecedem esses casamentos de destino, proporcionam uma interação imensa entre todos que ali estão, deixando assim o dia do casamento ainda mais intenso e emotivo. E emoção não faltou no casamento da Ju e do Dani.

 

Fotografia: Cicero Cavalli e J. Henrique Oliveira

A fotografia me leva para lugares incríveis, me apresenta pessoas com lindas histórias de vida e me possibilita retratar momentos únicos. Quando conheci um pouco da história da Lorena e do Diogo por skype já vi que a conexão deles era muito boa. Aí marcamos uma data e nos conhecemos pessoalmente no dia do ensaio. Obs: Como sempre marcamos com bastante antecedência, nunca sabemos como realmente vai estar o dia e o clima, o que faz com que o ensaio fique mais verdadeiro e inesperado. Não vou comentar muito sobre o ensaio pois vou deixar vocês tirarem a própria conclusão sobre o dia e esta conexão.

Obrigado pela tarde, pelo dia, pela cerveja e pelo carinho. Vamos marcar aquele churrasco a próxima vez que for a Umuarama:) 

Produção: Ivandro Almeida

A Mônica e o Marcelo saíram do convencional, decidiram casar duas vezes. O primeiro foi um pequeno casamento em Curitiba onde reuniram a família. O segundo foi um casamento de dia no Village Praia do Rosa onde festejaram com os amigos.

Como descrever o que vivemos naquela dia tão especial?

Tudo começa pelo lugar escolhido para a festa. Um Destination Wedding é sempre uma grande oportunidade de reunir as pessoas mais importantes e a comemoração se estende por todo o final de semana.

Pense bem, quais as chances de reunir todas as pessoas que você ama em um lugar incrível como a Praia do Rosa?

Depois temos o fato da Mônica estar grávida, uma noiva já tem todo uma energia especial. Uma noiva gravida é ainda mais encantadora.

A cerimônia a beira mar foi realizada pelo Guilherme , um amigo muito próximo que usou sabiamente as palavras para descrever o valor da amizade e a importância do amor.

O que mais se pode querer? Um casal apaixonado, esperando pelo seu primeiro filho, comemorando seu amor em lugar paradisíaco, cercado por amigos de uma vida.

A fotografia de casamento é uma caixinha de surpresas e me traz a oportunidade de registar momentos verdadeiros e singulares junto de pessoas únicas que levo para sempre em meu coração.

 .

Fotografia: Cicero Cavalli e Henrique Oliveira

Cerimonial:  Ivana Wathier Casamentos

Decoração: Roberta Jacobi